18/12/2009

FELICIDADE


A Felicidade
Tristeza não tem fim
Felicidade sim
A felicidade é como a pluma
Que o vento vai levando pelo ar
Voa tão leve
Mas tem a vida breve
Precisa que haja vento sem parar
A felicidade do pobre parece
A grande ilusão do carnaval
A gente trabalha o ano inteiro
Por um momento de sonho
Pra fazer a fantasia
De rei ou de pirata ou jardineira
Pra tudo se acabar na quarta-feira
Tristeza não tem fim
Felicidade sim

A felicidade é como a gota
De orvalho numa pétala de flor
Brilha tranqüila
Depois de leve oscila
E cai como uma lágrima de amor

A felicidade é uma coisa boa
E tão delicada também
Tem flores e amores
De todas as cores
Tem ninhos de passarinhos
Tudo de bom ela tem
E é por ela ser assim tão delicada
Que eu trato dela sempre muito bem
Tristeza não tem fim

Felicidade sim
A minha felicidade está sonhando
Nos olhos da minha namorada
É como esta noite, passando, passando
Em busca da madrugada
Falem baixo, por favor
Pra que ela acorde alegre com o dia
Oferecendo beijos de amor

16/11/2009

MARCHA PARA JESUS EM BH

A Marcha para Jesus ocorre anualmente em várias cidades do mundo. O evento é realizado por várias igrejas de doutrina cristã e tem como objetivo unir as igrejas em um ato de expressão pública de fé, amor, agradecimento e exaltação do nome de Jesus Cristo.

O evento reúne milhares de cristãos de todas as idades, raças, nacionalidades e culturas étnicas e faz parte, a partir deste ano, do calendário oficial brasileiro, após ser sancionado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no dia 3 de setembro, em Brasília, instituindo o Dia Nacional da Marcha para Jesus.

Além da participação de trios elétricos de diversas comunidades, a Marcha terá este ano shows com bandas das Igrejas Batistas da Lagoinha e Getsêmani. Diretamente de São Paulo, as bandas Katsbarnéa e Militantes farão participação especial.

Outra atração bastante aguardada é a primeira apresentação dos grupos de louvor Renascer Praise de São Paulo e Diante do Trono da Igreja Batista da Lagoinha, considerados dois dos maiores grupos de louvor da América Latina, que tocarão juntos pela primeira vez em Belo Horizonte.

Além de São Paulo - cidade onde ocorre a maior Marcha do mundo com mais de 4 milhões de pessoas - centenas de cidades, incluindo as principais capitais do país, possuem ou terão este ano a sua edição do evento, levando assim milhares de pessoas para as ruas do Brasil.

A marcha

A primeira Marcha para Jesus aconteceu em 1987 em Londres (Inglaterra), e foi fundada pelo pastor Roger Forster, pelo cantor e compositor Graham Kendrick, Gerald Coates e Lynn Green, que pretendiam tirar a igreja das quatro paredes e mostrar que ela estava viva e presente na sociedade. O resultado desse evento foi bastante produtivo.

Em 1989, mais de 45 localidades marcharam juntas em todo o Reino Unido, inclusive em Belfast (capital da Irlanda), onde 6 mil católicos e protestantes se reuniram, num visível sinal de união. Neste dia, 200 mil cristãos estiveram unidos em toda a nação, fato que voltou a repetir em 1990 e 1991.

No Início da década de 90, a Marcha se tornara um evento de proporções continentais, ocorrendo em toda Europa. Em 1992 a Marcha para Jesus já se tornava em um movimento mundial de louvor e adoração a Deus, chegando a outros países da América, África e Ásia. No ano de 1993 chegava a vez do Brasil realizar a sua primeira edição do evento.

20/10/2009

Pastora Mariana faz 13 anos de Ministério infantil

A Primícias

No último dia 04 de outubro foi realizado a na Igreja do Evangelho Quadrangular do bairro Perobas a Primícias de Crianças neste dia uma linda festa foi ralizada pelo Ministério Infantil onde as crianças fizeram o louvor e apregação ficou com Pastora Rafaele filha da Coordenadora Estadual do Ministério Infantil Pra. Marilda Soares.

Homenagem

Foi uma linda surpresa,a minstra de louvor Franciele juntamente com as crianças fizeram uma homenagem a Pastora Mariana por seus 13 anos de ministério, lembrando de seu trabalho como líder nestes anos e como Coordenadora regional do Ministério infantil na 41ª Região.

Veja mais fotos no meu perfil do ORKUT " Negra Mary"

Fena Gospel em "formação"

' A maior feira Gosple de Minas Gerais"

A última impressão é a que fica

Ezequiel Capítulo 18

Porque será que acreditamos em certas mentiras? Por exemplo, há uma propaganda de perfume que insiste em incutir em nossas mentes a seguinte idéia: "A PRIMEIRA IMPRESSÃO É A QUE FICA!"

Pela nossa experiência de vida, sabemos que isso é mentira, mas, a gente sempre acaba comprando o perfume e, pior ainda, "compramos" também a idéia mentirosa. E a "vendemos" para nossos filhos, amigos e parentes, especialmente quando queremos que eles se vistam bem para um encontro importante ou para uma entrevista de emprego. Mas o fato é que esta frase é uma grande mentira. Quer conferir comigo?

- Levantem a mão direita todos aqueles que um dia conheceram uma pessoa maravilhosa, mas, depois de a conhecer melhor, decepcionou-se com tal pessoa! Podem baixar as mãos.

- Agora levantem a mão direita aqueles que um dia "não foram com a cara" de uma pessoa quando a conheceram, mas depois, com a convivência, descobriu tratar-se de uma pessoa boa, que não era nada daquilo que parecia ser e hoje, quem sabe, são até amigos! Podem baixar as mãos! Obrigado.

Viu? Eu não disse que essa idéia sobre a primeira impressão é uma tremenda mentira?
A primeira impressão é muito importante, especialmente para quem tem um encontro ou uma entrevista de emprego, mas, de fato, a impressão que fica É A ÚLTIMA!

Este maravilhoso Capítulo do Livro do Profeta Ezequiel ajuda-nos a quebrar alguns preconceitos inúteis:

1. Cada pessoa responde diante de Deus somente por si
"Deus pergunta: - Qual é a de vocês? Porque vocês ficam dizendo que vocês estão sofrendo por causa dos pecados dos seus pais? Nunca mais digam isso! A alma do pai é minha, a alma do filho também é minha. A alma que pecar, essa morrerá" (paráfrase dos versos 1 a 4).

2. Um homem bom pode ter a infelicidade de ter um filho ladrão e assassino
Não julgue o pai pelos erros de seus filhos. Veja o que diz Ezequiel:

"Se um homem justo... gerar um filho ladrão, derramador de sangue... (não responderá pelo filho)" (versos 5 a 13).

3. Um ladrão e assassino pode gerar um filho justo
Não julgue os filhos de um bandido pelos atos de seu pai.

"... o filho não morrerá pela iniqüidade de seu pai" (versos 14 a 18).

4. O perverso pode se converter
Não julgue o perverso que se converteu, como se isso não fosse possível.

Ninguém está autorizado a cometer perversidades, mas, se de fato, vier a se arrepender Deus promete perdoar seus pecados "... e de todas as iniqüidades que cometeu não haverá lembrança contra ele" (versos 21 a 23).

5. O justo que "virar a cabeça" cairá em desgraça
Mesmo que tenha sido bom e justo toda a vida, se alguém virar a cabeça "... de todos os atos de justiça que tiver praticado não se fará memória" (verso 24).

Pois, "A ÚLTIMA IMPRESSÃO É A QUE FICA!!!"

Deus julgará cada um segundo os seus caminhos e nos faz um convite apaixonado, maravilhoso, irrecusável:

"Convertei-vos e desviai-vos de todas as vossas transgressões; e a iniqüidade não vos servirá de tropeço. Lançai de vós todas as vossas transgressões com que transgredistes e criai em vós coração novo e espírito novo; pois, por que morreríeis, ó casa de Israel? Porque não tenho prazer na morte de ninguém, diz o Senhor Deus. PORTANTO, CONVERTEI-VOS E VIVEI" (versos 30 a 32).

29/07/2009

Superando a dor de uma perda

Não sei, mas gostaria de saber. Só sei que a dor que sentimos quando perdemos alguém é a maior que podemos passar na vida. Não há nada mais doloroso que isso. Uma briga com o filho; uma discussão com o marido ou um desentendimento com o amigo são problemas superáveis. Dependem apenas de tempo ou coragem suficiente de todos para reverem seus pontos de vista.

Já a morte não espera e nem quer negociar. Não obedece ao tempo e muito menos à consciência humana. Aparece quando menos esperamos e derrota toda a nossa forças.
A morte entra de uma forma inesperada na vida. Corrói o coração de uma pessoa e estraçalha seus sonhos. Aniquila sua força para viver e parece que vai quebrá-la por inteiro e destruí-la. É uma dor que não some. Pelo contrário, consome cada momento bom da vida. Sem a menor piedade e muito menos sem pedir licença. Uma dor gigantesca. Indescritível em palavras.
A impossibilidade de se conversar com a pessoa que faleceu, ouvir sua voz, saber sua opinião ou tocá-la é devastadora para aquele que ficou. Uma foto, uma música, um aroma ou um objeto bastam para lembrar o ente querido.

A dor de sua ausência reaparece a cada instante e cada vez mais forte. É impossível parar essa dor. Ela sangra incessantemente dentro da pessoa. Questionamentos acerca do ocorrido aparecem e desolam familiares e amigos. A culpa também surge, pois é muito comum pensar que poderia ter sido feito mais para a pessoa viver. Portanto, é uma fase repleta de emoções tremendamente dolorosas sentidas cotidianamente. Em resumo. É uma dor maior que a própria pessoa e que parece que vai matá-la. O que de certa forma seria um alívio para esta nesse momento terrivelmente doloroso.
Mas isso não é possível de acontecer sem ser de forma trágica. A vida continua e só há uma forma de salvação que eu acredito que possa diminuir tamanha dor. É preciso lutar para que o coração não se empedre para receber o amor daqueles que ficaram.

A amargura provocada pela morte precisa ser superada, na medida do possível e aos poucos, pela alegria e doçura da vida. De nada adianta negar, fugir ou sufocar a dor. Só existe um caminho para superá-la. Enfrentá-la! Com muita perseverança e força. Caso contrário, o pior pode acontecer: Morrer em vida. Tornar-se uma pessoa extremamente amarga, dura, sem brilho nos olhos e sem a capacidade de aproveitar verdadeiramente os bons momentos que a vida ainda pode lhe proporcionar.
Com boas intenções é comum que familiares e amigos evitem ouvir a dor daquele que ficou, pois não suportam em si mesmos a dor da perda ou acreditam ingenuamente que ao conseguirem evitar a lembrança da perda também evitarão o impacto da dor. Assim, preferem não tocar no assunto ou, pior, forçar uma alegria falsa. Neste contexto, a solidão assola o coração daquele que ficou e torna cada vez mais insuportável e dolorosa a sua vida.

Acredito que somente em Deus podemos superar a dor da perda, só assim podemos viver melhor. Mais livres. Passamos a perceber como são preciosos cada momento que desfrutamos com as pessoas que são importantes em nossas vidas. Passamos a não gastar mais energia com discussões irrelevantes. Desenvolve plena e total consciência de que a vida é valiosa demais para dar atenção para esses pormenores.
Portanto, não esperem que alguém querido morra para conseguirem dar valor para sua vida ou das pessoas que você ama. Viva bem a sua vida! Agora! Coragem! Mostre o seu amor a quem ama. Beije-os e abrace-os! Nada é mais prazeroso na vida do que isso.

"Por isso ao meu PAI dediquei meu amor, meu carinho meu tempo, para que agora mesmo sem sua poresença tenho gravado em minha memória tudo que ele fez por nós seus filhos e netos, sabendo que agora ele esta bem melhor que antes".


Luciano Gonçalves meu PAI ( In memória)

Ministério de Integração


Visão de Integração: Complementar, inteirar, integralizar, juntar-se, tornar parte integrante.


O que a Bíblia diz: A quem se dirigiu, dizendo: Vós bem sabeis que é proibido a um judeu ajuntar-se ou mesmo aproximar-se a alguém de outra raça; mas Deus me demonstrou que a nenhum homem considerasse comum ou imundo. Atos 10:28

Fez-se passar pregão por Judá e Jerusalém a todos os que vieram do exílio, que deviam ajuntar-se em Jerusalém; Esdras 10:7

Mas, dos restantes, ninguém ousava integrar-se a eles; porém o povo lhes tributava grande admiração
Atos 5:13

Lutero Dizia; “Aquele que integra com inteligência e intrepidez, este tem todas as qualidades e todos os defeitos do Espírito de sua Raiz”.

Amados vendo as necessidades da igreja em alcançar os necessitados e resgatar os perdidos, é que Ele nos deu esta nova visão de Integração na intenção de suprir as necessidades da igreja num todo com suas atividades e na sua prestação de serviço à sociedade.

Como Podemos ajudar?

Inteirando suas idéias e criando de acordo com o que fora em primeira instancia informado ao Ministério de Integração, cada líder de grupo e ou departamento pode recorrer ao Ministério de Integração, levando suas idéias só então entramos em ação, auxiliando e introduzindo idéias capacitadoras e recursos para um trabalho eficaz.


Das Atividades exclusivas e Paritária do Ministério

* Grupos de Crescimento: os chamados grupos de estudos familiares ou Células.
* Ações Complementares: Dinâmica de trabalho para grupos e departamentos da igreja local, o que podemos chamar de “Intervenções Criativas e Culturais”.
* Atividades: Eventos, Congressos, Palestras, Reuniões, Seminários , Treinamentos e Discipulado, etc.
Participe ou converse com seu pastor para que seja criado uma Equipe de Integração em sus Igreja.

09/07/2009

Justiça é um milagre que só Deus faz!


Sabemos que as coisas que acontecem em nossas vidas são como punição pelo que fazemos ou deixamos de fazer, não existe aquele que que faz o bem e colhe o mal, existe pela ordem lógica da existência que tudo que fazemos seja de bom ou de mal vamos ter uma consequência disso, portanto temos que estar atentos a estas coisas.


A algum tempo atrás estive enfrentando em minha vida uma grande injustiça, e por esta e muitas outras pensei que não existia justiça ou algém que pudesse me socorrer, foi muito dificil, parecia que o mundo tinha se voltado contra mim, tentei de todas as formas me justificar por mim mesma, mas nada disso valeu até que um dia, desisti, entenda, não! desisti de lutar e sim de tentar promar por mim mesma que eu estava certa, entreguei nas mão de Deus e descansei, pedi a ele que me justificasse, e Ele me atendeu.




O tempo passou as coisas não pareciam ter solução, e isso foi me deixando triste sem ânimo e motivação, foi quando o fato aconteceu com outras pessoas e netão puderam perceber que eu também não tinha culpa no que havia acontecido a alguns meses atrás, era o momento que Deus preparou para me justificar, a bomba explodiu e hoje sou livre de toda as maldições que me prendiam, não por minha vontade mas isso me impedia de ser totalmente ADORADORA, eu olhava para as pessoas e sempre vinha aquele pensamento, como se fosse uma vós falando nos meus ouvidos ( a culpa é sua. você não vale nada, sai, vai embora!) mas Deus é justo e hoje sou livre de toda acusação de todo falso que levantaram contra mim, ELE DEus me justificou e durante todo este período havia uma canção que eu sempre lovava que dizia:




Eu tenho sede de Justiça




Não posso ficar calado


Não posso ficar de mão atadas


Com tantos votos comprados


Cartas marcadas


Profetas calados


As portas do inferno não vão prevalecer contra aigreja


Bem-aventurado os que tem sede de justiça




Eu tenho sede de justiça


Sede de justiça


Sacia minha sede, Senhor

27/06/2009

A Glória do Segundo Templo

Ageu 2:9

O Senhor convoca os velhos que anunciem diante do povo a diferença gritante entre o primeiro templo que foi destruído e o novo templo que estava sendo erguido.
Ora, somente os velhos viram a glória do Templo de Salomão e poderiam estabelecer uma relação com o templo que estava sendo erguido.
A pergunta é clara: "Quem há entre vós que, tendo edificado, viu esta casa na sua primeira glória?". Como o cativeiro na terra dos caldeus durou 70 anos, ainda havia entre o povo quem viu o Templo de Salomão em sua magnificência arquitetônica.

Os velhos ao verem a casa do Senhor sendo construída, era como algo insignificante.
Deus esperava dos velhos que anunciassem aos jovem quão diferente eram os templos, pois este diferencial era essencial a mensagem que seria anunciada (v. 3).

Diante da aparente insignificância do novo templo, o governador de Judá tinha que ser forte. Josué tenha que ser forte. O povo tinha que ser forte, ou seja, confiar que o Senhor dos Exércitos estava com quem trabalhava na construção do novo templo.

Por que o povo devia aplicar-se ao trabalho no templo? Deus responde: "Porque eu sou convosco, diz o Senhor dos Exércitos, segundo a palavra da aliança que fiz convosco, quando saíste do Egito" (Ageu 2: 4- 5). Ou seja, a aliança do Senhor não havia sido invalidada por causa da rebeldia de Israel. Eles podiam trabalhar fiados que Deus estava com eles, apesar da aparente insignificância do templo que estava sendo erguido.

Deus é categórico ao dizer: "O meu Espírito habita no meio de vós" (v. 5b). Por que Deus habita no meio do povo de Israel, e não no interior dos homens, como é o caso da Igreja? Porque para Deus habitar no homem é preciso circuncidarem os seus corações.

A circuncisão do coração só é possível através da fé em Deus, a mesma fé que teve o crente Abraão. Quem crê em Deus receberá a circuncisão que dá vida "O Senhor teu Deus circuncidará o teu coração, e o coração dos teus descendentes, a fim de que ames o Senhor teu Deus de todo o teu coração e de toda a alma, para que vivas" (Deuteronômio 30: 6).
Após a circuncisão do coração, obra exclusiva de Deus, é feito morada no interior do homem, pois Ele mesmo diz: "Porque assim diz o Alto e o Sublime, que habita na eternidade, e cujo nome é Santo: Num alto e santo lugar habito; como também com o contrito e abatido de espírito, para vivificar o espírito dos abatidos, e para vivificar o coração dos contritos" (Isaías 57: 15).

O coração circuncidado é equivalente ao coração contrito. Somente quando Deus lança fora o coração enganoso e incorrigível (Jeremias 17: 9), é que ele torna-se contrito, e o habitar de Deus lhe concede vida, a vida que há em Deus "Cria em mim, ó Deus, um coração puro, e renova em mim um espírito reto. Não me lances fora da tua presença, e não retires de mim o teu Espírito Santo" (Salmos 51: 10- 11).
Naqueles que crêem Deus faz morada em seus corações, mas no povo que foi escolhido, Deus habita no meio dele, ou seja, Deus não habita no interior dos homens (indivíduos), e sim, no meio do povo (coletivo).
Por causa da aliança que Deus fez com o povo de Israel, quando eles foram tirados do Egito, é que o Espírito de Deus permanecia com o povo (v. 5).

Esta promessa foi feita a Moisés, como se lê: "Se a tua presença não for conosco, não nos faças subir deste lugar (...) Então disse o Senhor a Moisés: Farei também isso que disseste..." (Êxodo 33: 15- 17).

Deus promete ao povo e aos seus lideres que uma vez mais haveria de fazer tremer os céus e a terra, o mar e a terra. O tempo estipulado para ocorrer o evento prometido é incerto, mas Deus demonstra que será em breve. Com relação ao tempo, observe o diferencial entre esta promessa e o comentário ao verso 1, do capítulo 1, acerca das datas que Ageu colocou em cada profecia.
Embora alguns tradutores contestem a tradução de Almeida, por escrever: 'virá o desejado de todas as nações', ela é preferível a idéia que outros tradutores apresentam: 'as coisas preciosas de todas as nações'.

É certo que no milênio as nações trarão das suas riquezas a Jerusalém "Então o verás, e serás iluminado, e o teu coração estremecerá e se alargará; porque a abundância do mar se tornará a ti, e as riquezas dos gentios virão a ti" (Isaías 60: 5), porém, a riqueza do qual o profeta faz referência e que as nações desejam, não diz de bens materiais.

Deus haveria de fazer tremer todas as nações e o desejo de todas elas haveria de vir. Aquele que veio e encheu de glória o templo que estava sendo construído pelo povo sob a supervisão de Zorobabel foi Cristo, o Messias. Ora, Cristo é o prometido a Israel, e o desejado de todas as nações.

Ora, todas as nações desejam ter um rei e um sacerdote como o Messias de Israel. O que as nações desejam foi concedido ao povo de Israel. Ele veio para os que eram seus, mas eles não o receberam.
As coisas preciosas (riquezas) das nações também serão levadas para um templo em Israel, porém, tal profecia não refere-se ao templo que foi construído pelo povo que retornou do cativeiro, pois ele foi destruído por Tito, General Romano, no ano 70 d. C.
Deus promete ao povo que haveria de encher a casa da sua glória. O primeiro Templo encheu-se de uma nuvem escura, e os sacerdotes não podiam ficar em pé, por causa da nuvem, pois a glória de Deus encheu a casa (II Crônicas 5: 14 e 6: 1). Eles não puderam contemplar a glória do Senhor, pois nem mesmo a nuvem escura suportaram.
Porém, segundo relatou o apóstolo João, eles viram a glória do Senhor. Deus se fez carne e habitou (residiu) entre os homens. E muitos à época puderam contemplar a glória de Deus, a glória como do Unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade (João 1: 14).
Deus enfatiza ao povo de Israel, que à época estava empobrecido, que Ele é o dono da prata e o dono do ouro. Por que Deus enfatiza que é dono das riquezas que há no mundo? Porque os velhos iriam relatar a grandeza e a riqueza despendida na construção do primeiro templo por Salomão.
Muitos dentre o povo iriam questionar: Se Deus é o dono do ouro e da prata, por que a dificuldade na construção do templo? Por que o templo era menor e inferior ao templo construído por Salomão, se este teria maior glória? Como seria isto possível?
Deus afirma ser o dono do ouro e da prata e aponta uma glória maior para o templo que estava sendo construído, se comparado com a glória do templo de Salomão.
A glória seria proveniente do ouro e da prata a ser empregada na construção? Não! Embora Deus é o dona do ouro e da prata, a glória seria maior porque Deus haveria da a paz tão almejada ao longo dos séculos.
A glória maior do segundo templo seria proveniente da paz que Deus estabeleceria entre Ele e os homens. Como Cristo, que é a paz de Deus concedida aos homens (Efésios 2: 14), haveria de adentrar o templo que estava sendo construído, a glória do templo superou em muito a glória do primeiro templo.

Enquanto no templo construído por Salomão os sacerdotes não conseguiram ver a glória de Deus (não agüentaram ver uma nuvem escura), no novo templo, todos os homens viram a glória de Deus manifesta aos homens, como o Unigênito de Deus.
Enquanto no primeiro templo era necessário a figura do sacerdote para o homem ter acesso a Deus, no segundo templo, todos que quisessem tiveram acesso a Cristo. Ele mesmo disse ao povo: "Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei" (Mateus 11: 28).

Quem eram os cansado que foram convidados a ir a Cristo? Todos os pecadores, sem exceção! Observe que não há uma instituição e nem sacerdotes para fazer mediação entre Cristo e os pecadores. Ele mesmo disse: "Ide, porém, e aprendei o que significa: Misericórdia quero, e não sacrifício. Porque eu não vim a chamar os justos, mas os pecadores, ao arrependimento" (Mateus 9: 13).

Gravação da Captação de Vóz para o CD ao VIVO do Ministério AG2 dia 24 de Junho de 2009 na Igreja Batista da Paz. uma B E N Ç Â O!!

E eu estava la como Back Vocal do Ministério AG 2

10/06/2009

"" GRATIDÃO ""

Gratidão aos Amigos
Quando foi a última vez em que você foi grato à pessoa que mais se esforçou para que você alcançasse o que conquistou?
Demonstre sua gratidão a esta pessoa. Ofereça um dia de descanso, dê-lhe um presente que há tanto espera. Ou, pelo menos, diga em voz alta: “muito obrigado”. E ainda mais, diga-lhe que “apesar das dificuldades, não deixando de se preocupar com as tantas pessoas que lhe solicitavam ajuda, você se esforçou o máximo que pôde para lhe proporcionar o melhor.”E se esta pessoa estiver logo ali, do outro lado do espelho? Será que você ainda tem coragem de fazer isso que sugeri?Nós temos uma programação social muito forte que nos diz que é importante ser humilde, ser modesto, e que devemos ser gratos aos outros – sempre aos outros. Isto torna muito difícil este ato de gratidão a si próprio. Mas precisamos quebrar este paradigma e praticar.Agradeça a você mesmo, por todas as noites que virou trabalhando para um projeto, ou estudando para uma prova importante. Das viagens que conseguiu fazer, pelo lazer que proporcionou a sim próprio, pelo crescimento que obteve com suas leituras, com seus estudos, com suas amizades bem escolhidas, por todo seu desenvolvimento pessoal, por tudo de material ou não que você já conquistou.Vá diante de um espelho, olhe bem nos seus olhos, dê um sorriso e diga: “muito obrigado por tudo que você fez e por tudo que você já tentou fazer. Só nós dois sabemos. Tenho muito orgulho de você”. Além disso, pode acrescentar qualquer gratidão especial, não esquecendo que muitas coisas ainda vão ser feitas e que a pessoa do espelho vai estar junto o tempo todo.A gratidão a si próprio vai conduzi-lo a um estado de auto-estima muito mais elevado do que ficar horas e horas repetindo frases de livros de auto-ajuda. Funciona como uma confirmação positiva de aceitação a si próprio. Mais do que aceitação... Gratidão!

Gratidão a Deus
Mostremos nossa gratidão fazendo coisas para agradar a Deus.
A nossa obediência a Deus reflete a gratidão de pessoas resgatadas pelo sacrifício de Jesus. Paulo frisa bem esse fato na sua carta a Tito. Leia e pondere a mensagem de Tito 2:11 - 3:8. Este trecho destaca a necessidade da santidade nas nossas vidas: "...educando-nos para que, renegadas a impiedade e as paixões mundanas, vivamos, no presente século, sensata, justa e piedosamente..." (2:12). Paulo descreve os seguidores de Cristo como "um povo exclusivamente seu, zeloso de boas obras" (2:14). Fala sobre a obediência a Deus em termos práticos: "Lembra-lhes que se sujeitem aos que governam, às autoridades; sejam obedientes, estejam prontos para toda boa obra, não difamem a ninguém; nem sejam altercadores, mas cordatos, dando provas de toda cortesia, para com todos os homens" (3:1-2). Devemos perceber que Paulo não está ditando regras ou impondo a sua própria vontade sobre os homens. Ele descreve a conduta de pessoas realmente convertidas a Cristo, pessoas dedicadas a Deus e determinadas a fazer a vontade dele.
O mesmo texto mostra os motivos por trás desta transformação no caráter e no procedimento do discípulo do Senhor. Naturalmente sentimos gratidão, porque: (a) Deus mostrou a sua bondade para nos salvar:"Porquanto a graça de Deus se manifestou salvadora a todos os homens" (2:11); "Quando, porém, se manifestou a benignidade de Deus, nosso Salvador, e o seu amor para com todos... segundo sua misericórdia, ele nos salvou..." (3:4-5); "...justificados por graça..." (3:7); (b) Temos esperança em Cristo: "...aguardando a bendita esperança e a manifestação da glória do nosso grande Deus e Salvador Cristo Jesus" (2:13); "...a esperança da vida eterna" (3:7); (c) Jesus se sacrificou por nós: "o qual a si mesmo se deu por nós" (2:14); (d) Ele nos purificou para ser seu povo especial: "...e purificar, para si mesmo, um povo exclusivamente seu, zeloso de boas obras" (2:14); (e) Recebemos a renovação do Espírito Santo: "ele nos salvou mediante o lavar regenerador e renovador do Espírito Santo, que ele derramou sobre nós ricamente, por meio de Jesus Cristo" (3:5-6); (f) Ele nos fez herdeiros de Deus: "...nos tornemos seus herdeiros" (3:7).
Uma vez que Deus fez tudo isso, quem não mostraria sua gratidão na obediência? "...para que os que têm crido em Deus sejam solícitos na prática de boas obras" (3:8).
Falemos a outras pessoas sobre a bondade de Deus.
Davi reconheceu o valor da sua salvação e pediu o privilégio de poder falar para outras pessoas: "Então, ensinarei aos transgressores os teus caminhos" (Salmo 51:13); Paulo valorizou a sua salvação e deu importância à evangelização de outros: "...pois sobre mim pesa essa obrigação; porque ai de mim se não pregar o evangelho" (1 Coríntios 9:16). Paulo entendeu que a divulgação do evangelho continuaria de uma geração para outra: "E o que de minha parte ouviste através de muitas testemunhas, isso mesmo transmite a homens fiéis e também idôneos para instruir a outros" (2 Timóteo 2:2). Uma vez que entendemos o significado da salvação em Cristo, falaremos aos outros. Pedro e João disseram: "...pois nós não podemos deixar de falar das coisas que vimos e ouvimos" (Atos 4:20).
Mostremos a nossa gratidão
Cada cristão foi resgatado pelo amor de Deus manifestado na cruz de Cristo. A nossa gratidão nos motivará a adorar a Deus, viver por ele, e divulgar a boa nova para todos ao nosso redor. Ele merece isso, e muito mais!

01/06/2009

ATENDA O CHAMADO!

É hora de atender ao urgente chamado de adoração! Este é um dos mais fortes clamores aos filhos de Deus. Não há mais tempo a perder! O senhor está ansiosamente procurando por verdadeiros... e este fato faz-nos pensar que eles, os adoradores, estão incluídos nas espécimes raras. Sim! Nós não procuramos algo que está à nossa frente, à nossa vista ou algo abundante. O verbo procurar indica que o objeto procurado não é abundante ou está escondido ou está perdido. Deus está a procura de verdadeiros adoradores, e infelizmente ele são raros!

Adorar é obedecer ao primeiro e principal mandamento, que é amar a Deus por qualquer outra coisa deturpou a adoração, aliás, ao invés de sermos adoradores do Senhor da glória, nos tornamos idólatras ignorantes. Sim, idólatras! Quando adoramos nosso ego, nosso cargo, nossa posição, nossa família, nosso prazer, nosso dinheiro, nossa música e até pessoas em lugar de Deus, somos desprezados ou ignorados quando Ele sai à procura de verdadeiros adoradorares! É infeliz a existência de cegos idólatras no corpo de Cristo! Estes deverão compreender rapidamente a dimensão do erro que estão cometendo: estão trocando o Deus da glória por nada!

Adorar é manter comunhão com o Pai constantemente. é viver radicalmente em santidade, sem desculpas, rodeios e meio-termos. É direcionar a atenção, oração e jejum às nossas fraquezas e iniqüidades em amor ao Cordeiro, que se entregou por nós naquela horrível cruz, para a qual às vezes não damos a mínima! É verdade! Quando pecamos estamos desprezando o sangue de Cristo, não dando valor àquele ato que revelou um amor tão imenso que até hoje não conseguimos compreender.

O Noivo entregou a sua vida em favor da Noiva e às vezes ela não faz a mínima questão de retribuir esta graça em forma de louvor, temor, reverência, amor e comunhão! Que pena! Adorar é chegar-se a Deus sem segundas intenções. É olhar para o seu perfeito caráter, e não apenas para o que Ele faz! É amar o Deus da bênção e não a bênção de Deus; é amar o Deus da cura e não a cura de Deus. Quantas vezes olhamos apenas para os milagres, bênçãos, e nos esquecemos de olhar para aquele que faz tudo isso! Deturpamos a adoração quando entramos na presença de Deus apenas para ganhar algo., seja de qualquer tipo: bênção, milagre, "arrepio", "choque" etc.

Devemos amar a Deus pelo que Ele é, não pelo que Ele faz. Devemos amar a Deus mesmo que daqui para frente Ele não faça nada por nós. A propósito, não merecemos nada do que Ele já fez por nós! Deus nos criou para termos comunhão com Ele, para sermos adoradores, e não comerciantes enganosos que só querem sair ganhando com esta relação. Quantas pessoas largaram os caminhos do Senhor por que não amavam a Deus e sim as suas obras? Queria apenas ver milagres, curas, demonstração de poder, sinais. São exatamente estes que se chega a Deus com segundas intenções... Parece que amam a Deus, mas não amam! Foi a estes que Jesus se dirigiu: "Este povo honra-me com os lábios, mas o seu coração está longe de mim..."

Deixo um alerta: Atenda ao chamado de adoração! Não há mais tempo a perder... Cada minuto é precioso... Cada momento na presença do Pai é incomparável... Ele está à procura de filhos que o amem de verdade. Hoje mesmo entre na gloriosa presença de Deus e fale com Ele. Coloque-se diante do Senhor da glória. Seja um verdadeiro Adorador!

Pra. Mariana Cristina

27/05/2009

Pra. Mariana em Sete Lagoas

CONGRESSO DE MULHERES
TEMA: MULHERES VITORIOSAS

MENSAGEM PRA. MARIANA
TEMA: COMO SER MULHER VITORIOSA NO SÉCULO 21

SUB-TEMA: QUE MULHER DEUS QUER QUE SEJAMOS

Muitas das vezes nos colocamos no lugar dos homens, tomamos aquili que Deus deu para que eles fossem responsáveis, a manutenção do lar, o trabalho e as diretrizes a ordem da casa, sabemos que isso causou um grande disparato no ciclo da vida, as coisas mudaram vivemos nu,a sociedade moderna não da para ficar mais em casa esperando só pelo marido, temos que também ir a luta, trabalhar fora de casa, estudar, e outros, mais isso fez com que tudo se desordenasse,
Por isso quero trazer nesta noite uma mensagem de Deus para o coração de cada pessoa seja jovem ou senhora para que deus então nos ensine a lidar com todas estas mudanças sem que isso atrapalhe nosso desempenho familiar, social, e espiritual
Vamos encontrar ver nesta oração algumas mulheres que foram usadas por Deus para ser referência nas suas atividades no âmbito PESSOAL, FAMILIAR, SOCIAL E ESPIRITUAL
Oração da Mulher Cristã!

Senhor, ajuda-me a ser como:
Raquel a arte de fazer-me amar; Joquebede o espírito de sacrifício e renúncia; Débora a solidariedade e o estímulo; Rute a dedicação e a bondade; Ana a fé a fibra para cumprir o voto; Mical astucia para usá-la no bem, não para o mal; Abigail mensageira da paz; Ester desinteressada e altruísta; Maria pura e humilde; Isabel regozijar com o bem alheio; Marta disposição para o trabalho material; Maria o anseio espiritual; Dorcas útil ao necessitado; Lídia abra a porta ao que chegar cansado; A mulher samaritana corre a falar da salvação.
Senhor, se houver, tira de mim:A vontade de olhar para trás (mulher de Ló); A preferência por um filho (Rebeca);O desejo adúltero (mulher de Potifar);A traição (Dalila);A trama macabra (Herodias);
De Ti, Senhor, suplico:A paz; A bênção e O perdão.

Toda Mulher Deve observar os exemplos de:Como Eva, que soube seguir em frente, e aceitar o perdão de Deus, mesmo tendo sido a primeira pessoa a pecar.
* Desobedeceu
* Cedeu a tentação
* Sofreu conseqüências
* Se arrependeuComo a esposa de Noé, que acreditou nele, apoiando-o, mesmo quando ninguém quis acreditar na mensagem que ele pregava.
* Acreditou
* Ajudou
* Preparou toda a sua famíliaComo Sara, embora tendo duvidado da palavra de Deus, arrependeu-se, tornando-se mãe de uma grande nação.
* Pela fé também a mesma Sara recebeu a virtude de conceber, e deu à luz já fora da idade; porquanto teve por fiel aquele que lho tinha prometido" (Hebreus 11:11).
* Esperou o cumprimento da promessa
* Cansou-se e tentou ajudar Deus
* Deus realiza a promessaComo Rebeca, que aceitou a vontade de Deus para sua vida, sem hesitar.
Como Raabe, que arrependendo-se de sua vida de pecados, se deixou ser usada por Deus, ajudando numa das grande vitórias do povo de Deus.Como Rute, que deixando para trás seu povo para seguir a Deus, mostrou como Deus, se preocupa com suas filhas e deseja que vivam uma linda história de amor!
Como Débora, profetisa, que julgava o povo com sabedoria e justiça.
* Abençoou toda uma nação entregando a mensagem do senhor a baraque para que ele fosse tomar aterra que Deus havia prometido a ele.
Como Ana, que orou pedindo um bebê, e o devolveu a Deus para que ele se tornar um grande profeta.Como Abigail, mulher sensata, que evitou uma guerra e que muitos fossem mortos.Como Ester, mulher fiel a Deus, disposta a morrer pela sua fé e pelo seu povo!Como Maria, que com humildade, aceitou ficar grávida do Espírito Santo, antes de estar casada, numa época, em que isso poderia lhe custar a vida!Como Maria Madalena, que após ser convertida, expressou sua gratidão a Jesus, de uma forma tão singular, que sua história, é contada a té hoje!Como Dorcas, que por viver abnegadamente, Deus a ressuscitou!Como Lídia, mulher temente a Deus, de coração aberto às mensagem de Deus.Como Eunice e Lóide, mulheres de fé, que souberam criar seus filhos nos caminhos de Deus, em momentos difíceis!Todas estas grandes mulheres da Bíblia, foram como nós, tiveram seus momentos de fraquezas, mas se levantaram e deixaram seus exemplos de fé, amor, desprendimento, humildade, coragem, perseverança e esperança!

A mulher Sunamita generosa e piedosa, hospedou em sua casa Eliseu, um profeta de Deus.A viúva de Sarepta cheia de fé e muito hospitaleira, hospedou em sua casa Elias, um profeta de Deus.Marta trabalhadora, ativa e determinada, hospedou em sua casa Jesus e Seus discípulos.Maria cheia de fé e piedosa, hospedou em sua casa Jesus e Seus discípulos.Lídia batalhadora, evangelista, hospedou em sua casa o apóstolo Paulo.






15/05/2009

PASTORA MARIANA EM MINISTRAÇÃO DIA 16 DE MAIO DE 2009

COMUNIDADE EVANGÉLICA DE CONTAGEM
BAIRRO ALVORADA




















""" SOMO ESPELHO QUE DEUS USA """

Enquanto caminhamos, o mundo ao nosso redor espera ver, em nós, a transformação que só o Espírito Santo faz na vida de um pecador arrependido. Observando um espelho, relembramos alguns cuidados necessários essenciais para que sejamos usados pelo Senhor, refletindo Sua glória no mundo.1. Para refletir como espelho a Glória de Cristo, é preciso ter o rosto descobertoAssim como um espelho deve estar descoberto para refletir a imagem de determinado objeto, nós também necessitamos de que nada se interponha entre nós e o nosso Deus.
O véu que separava o homem de Deus foi rasgado por ocasião da morte de Jesus na cruz. Este gesto, sem par, possibilitou que a glória do Senhor rebrilhasse em nossa vida. O acesso que temos à sua presença foi garantido pela morte e ressurreição de Cristo. Vamos desfrutar, portanto, dessa comunhão.2. Para refletir como espelho a Glória de Cristo, é preciso estar limpoMuitas vezes, a imagem refletida no espelho não é nítida, não tem brilho. Pequenas manchas internas, ou até mesmo poeira, dificultam a nossa visão.Assim também, os nossos pecados encobrem o rosto do nosso Deus e as nossas iniqüidades nos separam do Senhor (Isaías 59:2). Se desejamos refletir a sua glória com todo o brilho e perfeição, busquemos diariamente purificar as nossas vidas, confessando "os nossos pecados, na certeza de que Ele é fiel e justo para nos perdoar e purificar de toda e qualquer injustiça" (110 1:9).3. Para refletir como espelho a Glória de Cristo, é preciso estar bem direcionadoMesmo descoberto e limpo, o espelho só é capaz de refletir o objeto para o qual se direciona. O cristão que não está em sintonia com o Senhor, corre o risco de refletir outras imagens. Ao direcionar o nosso olhar para o "autor e consumador de nossa fé", passamos a refletir cada vez mais a sua glória, através de nossas vidas. E assim, de glória em glória, somos transformados e Sua luz se revela em nossa vida. Quanto mais ela rebrilhar, mais Cristo será visto em nós.ConclusãoComo espelho de Cristo eu devo:1 - Reconhecer minhas fraquezas - Salmo 139:23 e 24.2 - Obedecer ao plano de Deus para minha vida - Salmo 40:8.3 - Confiar no poder de Deus e não em minhas forças - Filipenses 4: 13.Que imagens as pessoas têm visto refletidas em minha vida? Existe alguma área que necessita de transformação por meio do Espírito Santo?

SETE PASSOS DA MULHER CRISTÂ NO MINISTÉRIO


Assim como há um tempo de grandes mudanças para a igreja em todo o seu desenvolvimento eclesial, assim também haverá um novo começo para a história das mulheres, frente a sociedade moderna e a sua função no cumprimento efetivo do seu papel de uma forma mais abrangente.
1- A palavra declara que a boca do justo manancial de vida (Pv 10:11 a).

2-A mulher foi criada por Deus para ser a sua imagem e semelhança (Gn 1:27).

3- A mulher (Eva) mãe de multidão foi tirada de uma das costelas de Adão. Costela é a íntima comunhão dos dois, para ser uma só carne.

4-A mulher foi criada para ser ajudadora do homem (Gn 2:18-20), para ser a glória do homem (I Co 11:7b, 11, 12) "Pois o homem, na verdade, não deve cobrir a cabeça, porque é a imagem e glória de Deus; mas a mulher é a glória do homem". Todavia, no Senhor, nem a mulher é independente do homem, nem o homem é independente da mulher. Pois, assim como a mulher veio do homem, assim também o homem nasce da mulher, mas tudo vem de Deus". O papel da mulher é de fundamental importância, porque ela gera, tem útero, somente um útero fértil poderá frutificar. Podemos usar essa linguagem tanto no âmbito físico como no espiritual, uma vez que a igreja representada como a Noiva de Cristo, que é considerada como a figura de uma MULHER. Já estamos consciente das nossas responsabilidades e conscientes do cetro de autoridade a nós outorgado (Sl 110:2).

5-Por isso cremos piamente que muitas mudanças (vicissitudes) já aconteceram com relação à posição da mulher na sociedade, há novas interpretações não somente em nível secular como interpretações da própria história em nível eclesiástico. Hoje estamos precisando voltar à nossa rica fonte de ensinamentos inesgotáveis, a Bíblia, a palavra de Deus e estuda-la focalizando a mulher. O profeta Malaquias profetizou que no final dos tempos seria liberada a unção de Elias. Elias era a semelhança de Melquisedeque (Gn 14:18; Hb 7:3). Nós mulheres, declaramos que já recebemos essa unção dotada de grande autoridade espiritual. Deus escolheu as mulheres como as primeiras testemunhas. Os apóstolos eram homens que tinham sido testemunhas da vida, morte e ressurreição (At 1:22).

6-Atos 10 diz que as testemunhas da ressurreição foram pré-determinadas por Deus. As mulheres que tiveram o Encontro com Jesus naquela manhã de domingo, não foi por acaso, foi planejado por Deus. Elas foram escolhidas especialmente, Isso é tarefa da TESTEMUNHA. Deus mandou um anjo tirar a pedra para as mulheres se tornarem testemunhas do túmulo vazio (Mt 28:1-8). Devemos seguir o exemplo de Jesus em tudo que Ele fez. Ele é e sempre será o nosso referencial de fé, amor, pureza, de uma vida e um caráter servil. Jesus teve atitudes boas para com as mulheres como nenhum outro teve; o fato de Jesus não fazer nenhuma diferença entre homens e as mulheres isto é algo para ser freqüentemente comentado. Jesus tratou as mulheres como pessoas responsáveis., para evangelizar e profetizar.

7-Mt 26:13; Mc 14:9. Mediante este tão grande referencial do nosso Mestre Maior por Excelência, queremos dizer que as mulheres têm convicção da importante função a ser desempenhada como evangelista e profetiza do Senhor, que agora gera e dá fruto, tem o coração de mãe, e sempre fará crescer essa chama ardente por ser mãe de multidões. CONCLUSÃO: Que as bênçãos do nosso Deus repousem sobre cada uma de nós. "Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nas regiões celestes em Cristo." (Ef. 1:3)

07/05/2009

Crianças Precisam de Libertação


Temos falado que trabalhar com crianças é algo que nos alegra, pois elas são muito simples e sinceras. Se nos dedicarmos ainda que seja à um pequeno grupo de crianças, ajudnado-os a estarem libertos, curados em sua alma, eles mesmos serão canais de bernçõas à outras crianças.

No momento em que nos preparávamos para realizar mais um treinamento de líderes em libertação de crianças, recebi um comunicado de um pastor, recriminando-me, declarando que libertação de crianças era uma heresia. Ele não concordava com esta matéria, pois as crianças não precisam de libertação, uma vez que Jesus disse: "Dos tais é o reino dos céus".

Comecei a meditar sobre a questão polêmica, e fui buscando pelo Espírito Santo, alguns textos da Palavra de Deus. Primeiramente, o Senhor me levou para Oséias 4: 6 "O meu povo é destruído, porque lhe falta o conhecimento".

Analisando a mentalidade hebraica, descobri também que falta de conhecimento significa ignorância ou trevas. Assim, quando Deus declara através do salmista no Salmo 82: 5 "Eles nada sabem, nada entendem, andam em trevas...", está reafirmando o motivo que leva as pessoas à destruição.

O apóstolo Paulo completa este raciocínio em II Coríntios 4: 4 "nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que não Ihes resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus.", lembrando que incrédulo significa: todo aquele que não aceita uma verdade.

O segundo texto a que o Senhor me levou foi para Marcos 9: 17 a 27, quando Jesus expulsa o demônio de um menino, cujo pai o levara a Jesus, uma vez que seus discípulos não conseguiram expulsar.

No verso 21 deste texto, Jesus pergunta ao pai do menino: "Quanto tempo há que lhe sucede isto?", e a resposta do pai é surpreendente: "desde a infância".

Este texto mostra claramente Jesus libertando um menino que era endemoninhado desde a infância. E Jesus não parou para dizer que não era necessária a libertação, por ser uma criança, ao contrário, repreendeu até os seus discípulos que não tiveram fé suficiente para libertar a criança, dizendo: "Ó geração incrédula".

Talvez os discípulos tenham pensado como o pastor acima mencionado: "Uma criança precisa de libertação???" E não creram na grande verdade da Bíblia descrita em João 8:32 "Conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará".

Mas não parou por aí. Imediatamente, começaram a vir algumas lembranças de libertação de crianças à minha mente.

Certa ocasião, uma Igreja evangélica em São Paulo permitiu que ocupássemos uma parte do seu espaço físico para instalarmos nosso escritório.

Às tardes, uma equipe daquela igreja ministrava às crianças do bairro, que, ao chegarem da escola pública, recebiam alimento, ensino e atividades até o final da tarde, quando regressavam para os seus lares. Numa daquelas tardes fomos chamados ao andar debaixo, onde estavam as crianças, por causa de um menino de quatro (4) anos. Ele, simplesmente, ficou com uma força descomunal e arrastou literalmente três (3) das professoras, que não conseguiram detê-lo.

Ele estava endemoninhado. Seguramos o menino em nosso colo e, na autoridade do nome de Jesus, começamos a expulsar os demônios e, à medida que o menino ia sendo liberto, abraçávamos mais a ele, para demonstrar o nosso amor àquela criança.

Começamos a estudar sobre ele, e verificamos que seu pai havia abandonado a casa, a mãe trabalhava fora o dia todo, e ele era cuidado por sua avó, uma feiticeira.

A história da maioria daquelas crianças não era muito diferente. Decidimos então iniciar o projeto de ministração para aquelas crianças e durante algum tempo pudemos estar ali ministrando.

Alguns anos já se passaram. No ano passado, recebi uma carta de um menino de 12 anos, que pedia orações, porque ele desejava que seu pai voltasse para casa e a libertação de sua mãe. Ele contava em sua carta como ele estava orando para que isto acontecesse e pedia intercessão de nossa parte. Escrevemos para ele e pedimos que ele comparecesse com sua mãe a uma de nossas reuniões. Qual não foi a minha surpresa! Era um dos meninos que havia sido liberto em uma de nossas reuniões e agora, era um guerreiro de oração dentro de sua casa.

Levamos em frente o Projeto e, além de treinar líderes, começamos também a praticar tudo o que aprendemos de libertação, cura interior, etc, com as crianças coletivamente. Na primeira turma de crianças, estiveram presentes 160 crianças, na segunda turma, mais de 300 crianças e na terceira turma, perto de 200 crianças.

Ao final de cada turma demos oportunidade para os testemunhos. O que ouvimos ali, foi suficiente para nos alegrar e nos encorajar, afim de continuarmos esta obra que é de Deus. Crianças que faziam xixi na cama há muito tempo, foram libertas, crianças transformadas de um temperamento rebelde e agressivo, para um temperamento manso e dócil, um menino que era gago, passou a falar normalmente, crianças que eram agitadas à noite, durante o sono, foram libertas de objetos malignos, e passaram a dormir profundamente.

Vimos ali crianças chorando para aceitar Jesus como Senhor de suas vidas, crianças que desejavam se matar foram libertas do espírito de morte. Vimos ali crianças recebendo o batismo com o Espírito Santo, e sendo arrebatadas. Em uma das reuniões de libertação para crianças, no ano de 1999, algo tremendo aconteceu com um menino de aproximadamente 8 anos, filho de um dentista amigo nosso. Ele estava com problemas sérios na fala, com dificuldade em algumas sílabas, e sendo ajudado por uma fonoaudióloga.

Ao participar da 4a. ministração, sobre cura interior, ele foi liberto daquela dificuldade. Ao chegar à sua casa, seus pais logo observaram que pronunciava corretamente as palavras, e mantém-se curado até hoje. Soubemos recentemente que este menino observou o seu irmão mais novo pronunciando mal as palavras, e ele mesmo disse aos pais: "Seria bom levá-lo para as reuniões de libertação de crianças"!...

Glória a Deus! As crianças são maravilhosas, elas recebem com muita fé aquilo que o Senhor faz em suas vidas, e são veículos transparentes para ajudar outras crianças. Louvado seja Deus!

Temos falado que trabalhar com crianças é algo que nos alegra, pois elas são muito simples e sinceras. Se nos dedicarmos, ainda que seja a um pequeno grupo de crianças, ajudando-os a estarem libertos, curados em sua alma, eles mesmos serão canais de bênçãos a outras crianças.

Entendemos nestas ministrações, porque Jesus fez aquela advertência aos adultos "não os embaraceis, deixai-os vir a mim...". As crianças recebiam muito facilmente as libertações, mas os adultos (pais) tinham muita dificuldade de aceitar certas verdades sobre o reino das trevas, atuando hoje no meio das crianças, através de objetos, brinquedos, filmes, revistas, etc.

Ao concluir esta introdução, oro ao Espírito Santo, que te dê revelação, e possa também te encorajar a trabalhar com as crianças. Neste tempo final, sei que Deus quer usar principalmente as crianças como profetas, e servos consagrados, fazendo obra de milagre no meio do povo.

A Palavra de Deus diz que "Deus usa os que não são para confundir os que são".

Embora o mundo caminhe com "slogans" bem elaborados, mostrando à nova geração o que é ser "livre", nós, como igreja, identificamos um grande "clamor" do mundo, especificamente desta nova geração, em ter alguém que os cubra, em ter pessoas que sejam verdadeiras autoridades, e que possam fazê-los sentir que são amados.

Desde o princípio da criação, Deus instituiu a família para que, ao nascerem seus filhos, pudessem refletir o amor de Deus, através do exercício de autoridade sobre os filhos. Ser cobertura, ser autoridade, nada mais é que demonstrar o amor de Deus àqueles que nos são dados para que cuidemos e os ensinemos a crescer e se desenvolver, segundo o padrão da Palavra de Deus, e assim, sucessivamente, estarão, lá na frente, sendo autoridade sobre outros que nascerão.

Deus nos ensina este propósito, como um plano bem elaborado por Ele, exatamente quando o primeiro casal, Adão e Eva, ao se rebelarem e desobedecerem, caindo assim em pecado afastaram-se da presença protetora de Deus (o Jardim do Eden) e, por esse motivo, havia necessidade agora, de sua própria cobertura. Então o próprio Deus, por causa do seu grande amor, providencia essa cobertura, ao sacrificar um animal, tirar a sua pele e fazer vestes para cobrir aquele casal da vergonha de sua nudez. Logicamente, aquelas vestes continham o sangue do animal que foi morto. Isto é profético, Deus estava apontando para toda a humanidade, desprotegida, em pecado, caminhando para a morte, mas um dia, um "cordeiro" seria sacrificado - JESUS, o cordeiro de Deus - e, através do seu sangue, derramado na cruz, todos teriam a oportunidade de estar debaixo de uma COBERTURA de proteção. Há diversos exemplos bíblicos que nos mostram a necessidade de cobertura como proteção. Quando Deus trouxe libertação ao seu povo, que estava cativo no Egito, foi necessário ir até as últimas conseqüências, ou seja, a morte. Foi estabelecido um "juízo" sobre Faraó e o Egito, ou seja, a morte de todo primogênito entre as pessoas e entre os animais. Interessante que o próprio povo de Deus (Israel) estava debaixo desse juízo, pois, por serem escravos, habitavam no Egito. Deus estabeleceu um princípio para proteger o seu povo, diante daquele juízo. Cada família deveria sacrificar um cordeiro, e usar o sangue derramado para marcar as vergas e umbrais das portas e janelas, como sinal de proteção. Quando o anjo da morte passou sobre a terra do Egito, naquela noite, nas casas onde havia a marca do sangue, - COBERTURA DE PROTEÇAO - ele não entrou e não houve morte.

Outro exemplo interessante é a nuvem que Deus estabeleceu durante o dia, para levar o povo através do deserto e, ao mesmo tempo em que os guiava, os protegia do calor do deserto. E quando chegava à noite, ali estava a coluna de fogo para guiá-los e protegê-los contra os rigores do frio nas noites do deserto. Esta nuvem e esta coluna de fogo apontam profeticamente para Jesus, o Caminho, e a proteção do seu sangue.

Assim a autoridade na família é o Pai; na igreja, o Pastor; no governo, o Presidente da República, ou o Governador do estado, ou o Prefeito da cidade. Ao lermos I Timóteo 2: 1 e 2, a igreja é advertida a interceder pelas autoridades, para que vivamos uma vida tranqüila e digna. Uma autoridade pode dar cobertura de Vida. Neste caso, vemos uma tremenda reciprocidade de autoridades que dão cobertura de proteção.

A Igreja, que é uma autoridade espiritual neste mundo, intercede e abençoa, cobrindo-as com oração (as autoridades civis e militares). Estes, por sua vez, se estiverem protegidos espiritualmente pela Igreja, trarão para o mundo paz e tranqüilidade (proteção física).

Agora que você já entendeu o princípio da Cobertura como Proteção, e da Autoridade que traz esta cobertura, voltemos às nossas crianças.

A CRIANÇA POR SI SÓ NÃO SE COBRE

Toda criança nasce de um parto, onde há um derramar de sangue. Deus poderia fazer o nascimento sem sangue, mas ele estabeleceu o princípio de cobertura e autoridade já no nascimento. Quando a criança nasce, passa pelo sangue, e faz uma aliança com seus pais. Esta aliança é de submissão à autoridade que acabou de ser constituída. É por isso que a Bíblia fala em Efésios 6: 1 "Filhos em tudo obedecei a vossos pais". O sangue representa a aliança de submissão a alguém.

Nos centros de macumbaria e feitiçaria, exige-se o derramar de sangue sobre as pessoas, fazendo pactos de submissão às entidades malignas. Esta aliança tem um grande significado no mundo espiritual, e satanás sabe disso. Por isso que, quando as crianças são consagradas às entidades malignas, através de pactos em centros espíritas, ou simplesmente ao apadrinhá-las com algum "santo" em seu batismo, satanás passa a ter direito legal sobre elas. Uma autoridade (pais), por causa da aliança de sangue, ao consagrarem seus filhos, doaram no mundo espiritual, a satanás e seus demônios.

É importantíssimo que os pais cristãos consagrem seus filhos, se possível já no ventre da mãe, ao Senhor Jesus Cristo. Logicamente, não significa que já estão salvos do pecado, pois Deus não tem netos. Um dia, eles terão que fazer a sua entrega pessoal e tomar a sua própria decisão com relação ao céu ou inferno. Mas é óbvio que a diferença será grande entre filhos consagrados a Jesus Cristo, e filhos consagrados a satanás. Vamos seguir a linha da família, para vermos como funcionam os pactos de sangue. Quando você nasceu, houve uma aliança de sangue com seus pais, portanto, você ficou debaixo da autoridade deles, recebendo sobre sua vida toda influência espiritual deles, e principalmente ficou sob a cobertura espiritual deles.

Diante desta verdade bíblica, é grande a responsabilidade dos pais, como autoridade e proteção sobre seus filhos, pois serão cobertura de bênção, se exercerem o princípio da Palavra, ou maldição, se assim não for.

Infelizmente, muitas crianças são abandonadas das formas mais diversas já vistas, das quais iremos tratar nos próximos artigos. Nestes casos de abandono, como ficam essas crianças em relação à autoridade? A verdade é que tais crianças têm chegado às nossas igrejas, e muitas vezes a igreja não sabe como proceder.

Mas, graças a Deus, que a autoridade que Jesus deu à igreja, funciona e é tremenda. A igreja pode e deve ser cobertura, no sentido de proteção, sobre tais crianças. A verdade é que o mundo espiritual reconhece, quando a autoridade é exercida. Muitas famílias, dentro de nossas igrejas, que adotam crianças, às vezes desconhecem este princípio tão importante. Assim também líderes e ministros de crianças não se apercebem do quanto podem ser escudos sobre as crianças, ao serem cobertura de bênção.

Isto não significa que estas crianças estarão automaticamente salvas, já que Deus não tem netos.

Mas os pais, e a igreja precisam se conscientizar de que a primeira e grande responsabilidade que têm sobre as crianças, é levá-las a terem a sua própria experiência pessoal com Jesus.

Jesus, em certa ocasião, tomou uma criança e colocou-a no meio de "muita gente grande", usando-a como exemplo a respeito do reino de Deus, e ainda os advertiu de que não as impedissem de irem até Ele.

Não importa se uma criança foi consagrada a satanás, ainda quando estava no ventre materno em formação, ou após o nascimento, porque, ao ela entregar a sua vida a Jesus, tudo o que não pertence a Jesus, será quebrado, esmagado e haverá um percurso novo sobre sua vida. Mas, por ser ainda criança, necessita de que uma autoridade a leve e a conduza no caminhar de bênção, desfazendo alianças e consagrações satânicas.

Temos o exemplo de Samuel, descrito no livro de I Samuel, capítulos 1,2 e 3, que teve o privilégio de, antes mesmo de ser concebido, ter uma palavra determinada de seus pais, consagrando-o totalmente ao Senhor. E, quando ele nasceu, eles cumpriram seu voto, levando-o a morar na casa do Senhor, junto com o sacerdote Eli. Mas nem por isto conhecia a Deus.

Certa ocasião, quando Deus o chamou audivelmente, não reconheceu, julgando ser o próprio sacerdote Eli. Eli, como autoridade agora sobre Samuel, desempenhou seu papel de ajudá-lo a ter a sua própria experiência com Deus. Embora Eli tenha falhado como pai, com seus próprios filhos, foi tremenda a sua cobertura como igreja na vida de Samuel, ensinando-o a reconhecer Deus, abrindo assim um percurso de intimidade entre Samuel e Deus.

CONCLUSÃO

Como estamos tratando sobre Libertação de crianças, o que queremos estabelecer aqui, como prioridade, é a questão da cobertura espiritual. É impossível pensarmos em libertar nossas crianças sem primeiro conhecer, como está a cobertura dessas crianças e quais pactos de sangue e consagrações foram estabelecidos sobre elas, desde que foram geradas no ventre de suas mães.

Gostaria de relembrar alguns textos da Palavra para respaldar esta conclusão:

Provérbios 22:15 "A estultícia está ligada ao coração do menino, mas a vara da disciplina a afugentará dela." - Lembrando que estultícia significa : "tendência para fazer o que é mau". Provérbios 22:6 "Instrui o menino no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele".

Provérbios 29: 15 "A vara da correção dá sabedoria, mas a criança entregue a si mesma envergonha a sua mãe". Deixamos aqui algo para você que é Pai ou Mãe, ou líder, ministro, enfim igreja, repensar: "Que tipo de autoridade tem exercido?"; "Qual é a sua posição?"; "Você tem-se preparado para receber os "Samuelzinhos", e ser realmente um sacerdote que reconhece o Deus vivo e verdadeiro, e por isso tem porções de tremendas bênçãos para derramar sobre as crianças que o Senhor continua colocando em nosso meio?" Que nós sejamos autoridades espirituais, verdadeiros canais de bênçãos, para que a Glória de Deus venha a se manifestar sobre cada criança e seus caminhos sejam totalmente desembaraçados.

Pra. Mariana Cristina

Alcançando as Nações

Seja vaso nas mão do oleiro, não perca seu tempo com coisas vâs
Pare pense o tempo esta passando e tudo que fazemos marcará a nossas vidas
olhe para traz e pense em como os discípulos de Jesus sofreram para pregar a palavra de Deus e d andava a pé ou a cavalo, de camelo ou carroagens, e nada disso os fizeram desistir do alvo,
hoje temos tudo em nossas mão e preferimos reclamar do que fazer, cobramos dos outros o que deveria ter sido feito, mas e nós o que fizemos? o que vamos fazer?
Você eu não sei! mas eu vou fazer a vontade daquEle que me criou e colocou em mim, seus frutos sua excelência e unção para Alcançar as Nações.

Como ouvirão se não ha quem pregue? como pregar se ninguem se dispõe a ir? como crerão naquele de quem nada ouvirão? Eis me aqui Eu Vou!! Eis me Aqui Senhor!! "

29/04/2009

O Valor de uma Amizade



"
A amizade é uma das maiores dádivas que o ser humano pode receber. Ela está para além dos alvos comuns, dos interesses compartilhados ou das mesmas histórias. É a alegria de dar e receber, de amar e sofrer, de confiar e entregar sem reservas. É estar com o outro mesmo quando não podemos nem aumentar a alegria, nem diminuir a tristeza. Não é receber, é dar. Não é magoar, é incentivar. Não é descrer, é crer. Não é criticar, é apoiar. Não é ofender, é compreender. Não é humilhar, é defender. Não é julgar, é aceitar. Não é esquecer, é perdoar. Amizade... É simplesmente AMAR. Amizade é para toda vida, uma amizade verdadeira é um pacto que levamos durante toda nossa vida, quando dois amigos se identificam, se tornam cumplices de seus atos e pensamentos um laço é criado no qual ambos ficam ligados para sempre.Como é bom ter amigos sinceros, quem tem um amigo sempre terá forças para seguir adiante sua longa jornada pois tem o apoio necessário para enfrentar qualquer obstáculo ou adversidade que a vida possa oferecer. Fortaleça sua rede de relacionamentos. Todos nós podemos ter muitas pessoas as quais chamamos de amigos, é fácil pronunciar essa palavra, "amigo, amizade" no entanto são poucas pessoas que podem definir exatamente o que é realmente ser amigo, isso não se explica com palavras mas com atitudes. Fatores da amizade passam muitas pessoas pela nossa vida as quais chamamos de "amigos", mas o que é um amigo de verdade, quais são os fatores que o caracterizam, essas são as perguntas chaves para não nos equivocarmos em nossas amizades.


Amizade Não está a venda, ter amigo é como andar de mão juntas unidas

"Na vida podemos comprar muitas coisas, uma bela casa, um carro de última geração, conforto e tecnologia entretanto a amizade verdadeira e sincera é um artigo que não está a venda, ela deve ser conquistada com as virtudes da sinceridade, companheirismo e honestidade."


28/04/2009

UNIJÙNIOR

UNIJÚNIOR 2009
TEMA: DERRUBANDO MURALHAS

Pastora Mariana e as crianças da I.E.Q Perobas



Mais de mil crianças se reuniram naquele local


Veja Mais fotos no Slide Unijúnior 2009

27/04/2009

Ilustração Jesus e As Crianças

Um casal de ateus tinha uma filha a quem jamais haviam dito uma palavra sequer sobre Deus.

Uma noite, quando a menina contava com seus 5 anos de idade, em meio a uma briga, o pai atirou na mãe, na frente da criança, e depois se matou.

A menina assistiu a tudo. Após a tragédia, ela foi mandada para um orfanato que era cuidado por uma senhora cristã muito devota, que resolveu “apresentar” Jesus para a menina.

Na primeira oportunidade, aquela mulher mostra uma gravura onde Jesus é representado ao lado de crianças. Ela pergunta: - Alguém aqui sabe me dizer quem é este homem?

E, para sua surpresa, aquela menininha que nunca tinha ouvido falar de Jesus, levantou a mãozinha e disse: - Eu sei!

A mulher, então, pergunta-lhe:
- Você o conhece?

- Sim, responde a menina, é o homem que estava me segurando no colo no dia que meus pais morreram.

" Então lhe trouxeram algumas crianças para que lhes impusesse as mãos, e orasse; mas os discípulos os repreenderam. Jesus, porém, disse: Deixa as crianças e não as impeçais de virem a mim" - Mateus 19.13-14.


Pastora Mariana e Guilherme Igreja Evangélica Deus é Fiel


Pastora Mariana, Guilherme e ao fundo Pastor Sérgio Dirigente da Igreja



24/04/2009

Martin Luther King - Um ìcone no Protestantismo


Martin Luther King nasceu em 15 de janeiro de 1929 em Atlanta na Georgia, filho primogênito de uma família de negros norte-americanos de classe média. Seu pai era pastor batista e sua mãe era professora.

Com 19 anos de idade Luther King se tornou pastor batista e mais tarde se formou teólogo no Seminário de Crozer. Também fez pós-graduação na universidade de Boston, onde conheceu Coretta Scott, uma estudante de música com quem se casou.

Em seus estudos se dedicou aos temas de filosofia de protesto não violento, inspirando-se nas idéias do indu Mohandas K. Gandhi.

Em 1954 tornou-se pastor da igreja batista de Montgomery, Alabama. Em 1955, houve um boicote ao transporte da cidade como forma de protesto a um ato discriminatório a uma passageira negra, Luther King como presidente da Associação de Melhoramento de Montgomery, organizou o movimento, que durou um ano, King teve sua casa bombardeada. Foi assim que ele iniciou a luta pelos direitos civis nos Estados Unidos.

Em 1957 Luther King ajuda a fundar a Conferência da Liderança Cristã no Sul (SCLC), uma organização de igrejas e sacerdotes negros. King tornou-se o líder da organização, que tinha como objetivo acabar com as leis de segregação por meio de manifestações e boicotes pacíficos. Vai a Índia em 1959 estudar mais sobre as formas de protesto pacífico de Gandhi.

No início da década de 1960, King liderou uma série de protestos em diversas idades norte-americanas. Ele organizou manifestações para protestar contra a segregação racial em hotéis, restaurantes e outros lugares públicos. Durante uma manifestação, King foi preso, tendo sido acusado de causar desordem pública.

Em 1963 liderou um movimento massivo, "A Marcha para Washington", pelos direitos civis no Alabama, organizando campanhas por eleitores negros, foi um protesto que contou com a participação de mais de 200.000 pessoas que se manifestaram em prol dos direitos civis de todos os cidadãos dos Estados Unidos. A não-violência tornou-se sua maneira de demonstrar resistência. Foi novamente preso diversas vezes. Neste mesmo ano liderou a histórica passeata em Washington onde proferiu seu famoso discurso "I have a dream" ("Eu tenho um sonho"). Em 1964 foi premiado com o Nobel da Paz.

Os movimentos continuaram, em 1965 ele liderou uma nova marcha. Uma das conseqüências dessa marcha foi a aprovação da Lei dos Direitos de Voto de 1965 que abolia o uso de exames que visavam impedir a população negra de votar.

Em 1967 King uniu-se ao Movimento pela Paz no Vietnam, o que causou um impacto negativo entre os negros. Outros líderes negros não concordaram com esta mudança de prioridades dos direitos civis para o movimento pela paz.

Em 4 de abril de 1968 King foi baleado e morto em Memphis, Tenessee, por um branco que foi preso e condenado a 99 anos de prisão.

Em 1983, a terceira segunda-feira do mês de janeiro foi decretada feriado nacional em homenagem ao aniversário de Martin Luther King Jr.'s.


23/04/2009

Um pouco sobre LUCADO

Max Lucado acredita que quando encontramos pessoas que não podem controlar o mundo em torno deles, eles não forem bem sucedidos, e isso cria uma atmosfera cheia de problemas: "Como eu não para gerir este mundo, ou a minha empresa ou a minha família, Agora também tenho de lidar com esse sentimento de culpa que aproveita-me, porque não tenho como um pai e marido. E o resultado é este raiva ", diz ele. O pastor tem escolhido o nosso país para ir para os empresários e as famílias em Honduras, que buscam o sucesso profissional e empresarial. Lucado tocou milhões de pessoas com seu estilo escrito. Ele tem recebido prêmios e reconhecimento para cada livro que você escreve. Max é o primeiro autor a ganhar a medalha de ouro do cristão Livro do Ano três vezes: em 1995, com Quando Deus sussurra o seu nome! Em 1997, com o livro Nas mãos de Graça! Tal como em 1999 e com Jesus!
Max Lucado, nasceu em 1955 em San Angelo, Texas, sendo o mais jovem dos quatro filhos. Em 1981 casou com Denalyn. Atualmente atua como Senior Ministro, Igreja de Oak Hills.

Meus Pensametos

Tenho me sentido como um peixe fora d'água, aquela pequena porção que as pessoas insistem em chamar de aquário ficou pequena para mim, em meus pensametos figuro as preciosidades da vida, vida esta que me foi concedida por quem me amou antes de tudo isso existir, sou peixe fora da água por que não encontro um mar que me caiba dentro todos os mares em que me refugio encontro grandes tubarões que me querem por alimento, sou sua dieta preferida!
Medo nunca, temor isso sim , temo que a vida passe e eu não faça o que me fou proposto desde antes de nascer, minha sina, minha vida, meus passos, sou o que penso e o que faço, naõ temo a vida e sim quem faz dela um infindo de temores e horrores, posso não ser o que todos esperam mas estou lutando para ser o melhor.

Pastora Mariana e Banda I.E.Q Bairro Amazonas em 21 de Abril de 2009

Grande Louvorzão I.E.Q do Bairro Amazonas
II Festiva de Cachorro Quente (foi muito bom)






Click e Assista o vídeo Pastora Mariana e Banda

video

22/04/2009

Culto de Páscoa e Celebração da Santa Ceia I.E.Q. Pr. Fernando


Momento solene celebração da Santa Ceia





Novos amigos irmãos I.E.Q Esplanada


Minhas queridas do Ministério Infantil e de Danças
(Já estou com saudades)


Ministério de Dança



Pastora Mariana e Pastora Andréia